Avatar

No ar

Manhã Cativante Olimar Gamarra
07/02/2020 às 08:22

Morre o primeiro médico que alertou para coronavírus na China; hospital nega

Fonte: Page Not Found/Extra / 94 FM Dourados
Li Wenliang (Foto: Reprodução)
Li Wenliang (Foto: Reprodução)

O médico chinês Li Wenliang, o primeiro a alertar sobre uma possível doença "semelhante à Sars" em dezembro do ano passado, morreu de coronavírus em Wuhan (China) nesta quinta-feira, de acordo com a rede CNN, citando a mídia oficial chinesa. Porém o hospital onde Wenliang estava sendo tratado negou o óbito.

"Ele está atualmente em estado crítico e estamos fazendo o possível para ressuscitá-lo", disse a direção do centro médico, de acordo com o "Daily Star".

O oftalmologista, que tinha 34 anos, falou sobre uma "doença misteriosa" e escreveu em um grupo de bate-papo on-line: "Em quarentena no departamento de emergência".

"Muito assustador", respondeu um dos integrantes do grupo, antes de perguntar sobre a epidemia que começou na China em 2002 e acabou matando quase centenas de pessoas. "A Sars está voltando?"

Wenliang havia sido hospitalizado em 12 de janeiro. Na última sexta-feira (31/1), o diagnóstico de coronavírus foi confirmado. Ele teria sido infectado durante consulta. A Organização Mundial da Saúde lamentou a morte do médico.

O coronavírus já infectou mais de 28 mil pessoas, em dezenas de países, e matou mais de 560 - quase todas na China.

Nas primeiras semanas do surto, autoridades silenciaram médicos e outros profissionais por darem sinais de alerta. Eles minimizaram os perigos para a população, deixando os 11 milhões de moradores de Wuhan sem acesso à informação de que deveriam se proteger. Wenliang foi obrigado a se desculpar e a reconhecer que tivera um "comportamento ilegal".

Mas os rumores se espalharam. Pressionada, a Scretaria de Saúde de Wuhan anunciou que 27 pessoas estavam sofrendo de pneumonia de causa desconhecida. O comunicado dizia que não havia necessidade de se alarmar. "A doença é evitável e controlável", afirmou o texto oficial. Semanas depois, o governo comunista mudou o tom e admitiu a gravidade do problema e centenas de mortes decorrentes dele.

Comentários

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do site Rádio Kativa FM.

Sobre

  • A RÁDIO KATIVA FM é um veículo sério, nascido, pela responsabilidade e filosofia de trabalho de sua direção. Somos uma emissora de radiodifusão, dedicada única e exclusivamente ao entretenimento, à formação cultural,... veja mais

Menu

Contato

Dr Júlio Siqueira Maia, 1440, centro
Rio Brilhante, MS 67 3452-7335
67 99950-7335

Depoimentos

  • Ótima programação. Curto ficar ouvindo a rádio quando estou trabalhando.